Pets em apartamento: coisas que você precisa fazer

Amigo que late, mia, faz bagunça e enche a vida de alegria.

São muitas as opções, mas cães e gatos ainda ganham na lista dos pets mais queridos e procurados.

A realidade dos apartamentos pode ser um obstáculo para quem procura ter um bichinho de estimação. Mas o post de hoje vai mostrar que com adaptações e cuidados é possível fazer essa relação cheia de amor dar certo, mesmo morando em um apê.

Espaço

Prefira raças de pequeno porte e não prenda o cachorro em um único cômodo, deixe solto e invista em brinquedos.

O gato tem grande capacidade de se adaptar em ambientes menores e gosta especialmente dos lugares altos, para evitar acidentes, tenha cuidado com o que guarda em estantes ou prateleiras. Brinquedos de afiar as unhas são importantes para o seu felino não danificar seus móveis.

Para ajudar com a disciplina do pet, deixe os brinquedos, potes de comida e caminha nos devidos lugares, assim ele vai entender onde cada coisa deve ser feita.

Defina um local para que o pet faça as necessidades. Geralmente, esse espaço fica na área de serviço ou outro usado com menos frequência. No caso dos gatos, use caixa com areia, para os cães, a sugestão é utilizar jornal velho ou toalhas higiênicas específicas para essa finalidade.

Segurança

Instale telas de proteção nas janelas e varandas, cuidado com objetos que podem perfurar ou cortar e mantenha produtos de limpeza e químicos em geral bem guardados. Os pets são curiosos e levados.

Atenção às regras do condomínio, busque informações antes de fazer qualquer intervenção.

Passeio e Limpeza

Mantenha o ambiente e o pet limpos e defina uma rotina de passeio. Os apartamentos muitas vezes são pequenos e alguns condomínios não têm área de lazer adequada para o pet, ou não permitem a circulação de animais.

De qualquer forma, é necessário criar uma rotina de atividades, para que o animal se exercite de forma divertida. Verifique as diretrizes do condomínio e respeite a privacidade dos vizinhos.

Evite problemas, leve saquinhos coletores de sujeira e não deixe seu pet solto no elevador ou nas áreas comuns. Mantenha os ambientes limpos para evitar multas e advertências desnecessárias.

Para a limpeza do espaço doméstico, a dica é usar uma solução caseira para eliminar cheirinho característico dos pets: dilua três colheres de sopa de vinagre branco em um litro de água e passe com um pano no chão. O vinagre elimina os odores, não mancha o piso e não causa alergias.

Convivência e vizinhos

Nem todo mundo gosta de conviver com animais de estimação. Por isso, latidos e barulhos excessivos podem incomodar os vizinhos e causar problema até com a administração do condomínio. Fique de olho no excesso de latido, isso pode indicar de que algo não está bem na saúde do animal. Nesse caso, procure ajuda de um veterinário e considere a possibilidade de contratar serviços de adestramento.

Se tiver algum problema com vizinhos por conta do seu pet, a melhor solução é sempre a boa e já conhecida conversa.


É muito amor envolvido com os pets, não é? Como vimos aqui, é possível criar um pet com segurança e de forma tranquila, apesar do espaço e do tipo de moradia.

Esperamos que o conteúdo seja proveitoso e contribua para você curtir seu bichinho mesmo morando em apê.

Fique à vontade para recomendar o nosso post e deixar a sua opinião nos comentários.

Até a próxima!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s