Lugar de Mulher

A Organização das Nações Unidas (ONU) oficializou a escolha do dia 8 de março como Dia Internacional da Mulher no ano de 1975 e a origem dessa data é motivo de muita controvérsia e diferentes suposições.

Mas uma coisa é certa, o Dia Internacional da Mulher não foi criado a partir de um único fato, foram várias ocorrências de lutas femininas por respeito, direitos e melhores condições de trabalho.

Não é de hoje que as mulheres somam forças pela conquista de um lugar no mundo, mostrando como a união faz a diferença.
E hoje vamos mostrar resultados desse poder feminino com 3 exemplos muito interessantes:

Coletivo Casa Crua

Um projeto de Montes Claros – MG comandando por mulheres com a missão de “colocar mulheres em contato com outras mulheres”.
Segundo Joanna Ribeiro Nogueira, uma das idealizadoras do projeto, precisamos ampliar a visibilidade do trabalho executado pelas mulheres. As atividades buscam o empoderamento no quesito financeiro e psicológico”.
O lançamento foi no mês de abril de 2019 e desde o começo tem sido palco para rodas de conversa, lançamento de livros, oficinas e outras ações.

Associação das Defensoras Populares de Montes Claros (ADPMOC)

Com a coordenação da defensora pública Maíza Rodrigues, que é responsável pelo Núcleo de Defesa da Mulher (Nudem), foi ministrado um curso para formação de agentes multiplicadores dos direitos humanos, com o foco no direito das mulheres.
A partir desse curso foi criada a Associação das Defensoras, pioneira e modelo de proposta. São 165 mulheres que exercem posição de liderança em diferentes esferas das comunidades onde vivem, o trabalho delas consiste em atuar voluntariamente para reproduzir o que aprenderam, apoiando e orientando outras mulheres em situação de vulnerabilidade.
De acordo com a coordenadora do curso, a expectativa é a de que essas defensoras populares possam minimizar o sofrimento em suas comunidades, onde a maioria delas é referência.

Lavadeiras de Almenara

Elas transformaram as difíceis condições de vida em arte, cantando, encantando e mostrando ao mundo que mesmo em meio às dores e à escassez há beleza e a poesia fazem morada.
O coral surgiu em com o incentivo do cantor, compositor e pesquisador cultural Carlos Farias.
O projeto foi bem recebido e as apresentações que começaram na comunidade local, foram ganhando espaço no país e ganharam o respeito e admiração de muitos países no mundo.
Além da riqueza do canto, as histórias de lutas e os desafios dessas mulheres foram e continuam sendo objeto de estudos e importante referência cultural.

Como vimos aqui com esses (de muitos exemplos espalhados por todas as partes), lugar de mulher é onde ela quiser, sendo como quiser.

É ser feliz sem se importar com o que os outros pensam. Isso é bonito!
É bonito sonhar, acreditar, ir à luta e fazer a diferença.
E tanto faz se é dona de casa, de negócio, de si mesma. Uma mulher é linda do jeito que é ! Viva a beleza que mora em cada mulher, em cada projeto idealizado por elas e para elas.

E já que falamos em morar, aqui na imobiliária temos uma grande oferta de imóveis que são perfeitos para abrigarem sonhos, projetos, negócios e pessoas. Verifique as opções no nosso site e fique à vontade para entrar em contato.

Conhece algum projeto ou iniciativa bacana que você gostaria que recebesse o apoio da Jair Amintas Netimóveis? Então deixa aqui nos comentários.

Para saber mais sobre as iniciativas mencionadas neste post:

Coletivo Casa Crua
@casa.crua

Defensoras Populares
https://www.defensoria.mg.def.br/?s=Defensoras+populares

Lavadeiras de Almenara
http://coraldaslavadeiras.com.br/site2/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s